Branding no Marketing Médico: Construa uma marca forte

Se você conhece um pouco sobre o universo do marketing digital, você já deve ter se deparado com o termo “Branding”, ou na tradução literal, marca.

Em uma rápida analogia, um profissional de saúde costuma ter um tipo de vestimenta tradicional em seu consultório, como o uso de roupas sociais ou do jaleco, isso é um dos elementos que comunica sobre sua profissão aos pacientes, certo? O Branding também funciona assim!

Deve-se criar uma estratégia para uma marca médica que reflita a personalidade do médico, ou seja, como ele se veste, se comporta e se apresenta ao mundo, criando uma impressão única e memorável.

Neste artigo, nós explicaremos tudo sobre Branding voltado ao marketing médico. Saiba como criar uma identidade de marca forte para você ou sua clínica e veja, de forma detalhada, e como cada item deve ser aplicado.

elementos de branding

Antes de saber de fato como é possível criar uma identidade de marca, você precisa entender o conceito do Branding e quais os impactos que uma boa estratégia pode acarretar a sua imagem diante dos seus pacientes e colegas de profissão.

O que é o Branding e para que serve?

Branding é o processo de criação e gerenciamento de uma marca, seja para uma empresa, médico, clínica ou produto. Nesta etapa, define-se o nome, o logotipo, o design, a mensagem e a estratégia geral de comunicação que ajude o cliente a destacar sua marca no mercado.  

Por isso, além de diferenciação entre os concorrentes, o branding tem como objetivo ainda criar uma conexão emocional com o público-alvo, gerando lealdade e confiança na autoridade do profissional.

Existem uma série de elementos que devem estar presente em uma estratégia de branding bem elaborada, isso inclui as cores, logotipos e identidade visual como um todo, mas vai bem além.

O impacto do branding no marketing médico

Dessa forma, no cenário atual do marketing médico, o branding desempenha um papel crucial. Ele vai muito além de um simples logotipo, sendo a essência da sua identidade como profissional médico.

O branding serve ainda para dar consistência em todas as interações que o paciente terá com o médico, seja no ambiente online ou offline. Sendo assim, ele deve se estender ao site, mídias sociais, materiais de papelaria e, até mesmo, ao seu consultório.

Em um campo saturado de profissionais, como a medicina, um branding forte ajuda a diferenciá-lo dos demais, comunicando a sua especialidade, abordagem única e filosofia de cuidado do jeito que você deseja transmitir e ajudando potenciais pacientes a entender por que eles deveriam escolher você.

“Mas por onde eu devo iniciar a minha estratégia?” Isso a gente te explica. Vamos começar pela primeira etapa: O propósito da sua marca.

O Branding vai além do logotipo, cores e identidade visual. Inicialmente, defina seu propósito.

Portanto, para iniciar o seu branding, reflita sobre qual é o seu propósito, quais valores você quer que sua marca transpareça e qual o tom de voz que você deseja se comunicar com seus pacientes.

Definindo o propósito da marca

Determinar o propósito da sua marca médica é uma parte essencial antes de começar a elaborar o seu branding. Na Sitese, esta etapa é feita com o acompanhamento de uma psicóloga comportamental, que ajudará o cliente a entender o que ele busca, considerando:

  • Seus valores: Definir o que é importante para você na prática médica e os seus valores é um alicerce fundamental para o seu branding, isso pode incluir o compromisso com a excelência, a compaixão pelos pacientes, a inovação no tratamento ou a educação contínua.
  • Missão e Visão: Defina claramente sua missão (o que você faz) e sua visão (o que você aspira alcançar), desde objetivos específicos de atendimento ao paciente ou manter-se atualizado em inovações da sua área.
  • Diferenciais: Pense no que o diferencia de outros profissionais na mesma área, como uma especialização única, uma abordagem inovadora no tratamento ou um estilo de comunicação particular.
  • Quem você deseja atender: Entender quem são seus pacientes vai muito além do local em que você deseja atender. Para desenvolver um branding satisfatório, você deve refletir sobre as necessidades, preocupações e preferências do seu público. Quais são as dores deles? O que você pode oferecer para ajudar?

Definindo o seu tom de voz

No nosso processo de gerenciamento de redes sociais na Sitese, assim como no de criação de sites, sempre buscamos entender como nosso cliente deseja se comunicar com os seus pacientes. Definir o tom de voz é essencial na hora de estabelecer uma marca sólida diante do público.

  A voz é importante na hora de comunicar pelos seguintes meios:

  • Email Marketing;
  • Site;
  • Blog;
  • Redes Sociais.

Caso você queira entender mais sobre a importância do Branding, agende uma reunião inicial com a Sitese.

Construindo uma identidade visual forte para sua marca médica

Os elementos que serão utilizados para o desenvolvimento da sua identidade visual devem estar em harmonia com o que é realizado por você enquanto médico. Comumente, associa-se uma série de cores e símbolos a algumas especialidades médicas.

No caso de um cardiologista, por exemplo, é comum a utilização do vermelho — em diversos tons da paleta — na sua identidade visual. Adicionalmente, a inclusão de um símbolo que remeta a um coração é também frequente, de maneira similar à ilustração mostrada abaixo.

Veja mais: Aplicação de cores na área médica

Fato é: É importante que os elementos visuais, logotipos e cores estejam de acordo com a sua especialidade, visto que a percepção do paciente será impactada pela sua identidade ao acessar o seu site médico, redes sociais ou mesmo receber impressos em ambiente físico.

Então, na sua identidade visual, é preciso que contenha harmonia de elementos com a sua especialidade.

Símbolo

Por mais que seja comum vermos em muitos logotipos, a presença de um símbolo não é obrigatória. Em alguns casos, a marca comunica por si só e acaba virando o símbolo, como na logo do Google.

Por isso, para um médico, muitas vezes é interessante o uso de um símbolo que seja associado com a especialidade e os valores que ele busca para a própria marca médica. Além disso, o símbolo não precisa necessariamente ser a representação fiel e clichê da área, podendo o médico escolher algo que sinta como representativo.

Tipografia

A tipografia deve ser determinada considerando fatores como a necessidade de transmitir a personalidade do médico, as considerações estéticas que conversem com os demais elementos visuais da logo e, é claro, a legibilidade.

Contudo, também não é interessante que em cada conteúdo seja utilizada uma tipografia diferente, isso pode deixar o paciente confuso e prejudicar que ele associe algum conteúdo ao médico, ou que ele lembre da sua identidade visual quando for mencionado.

Para além do ambiente online, considera-se também os materiais impressos com a sua logo aplicada, tais como:

Cartões de Visita

cartoes de visita de branding

Envelopes

envelope do branding

Pasta para documentos

Receituários

Além destes materiais, a logo pode ser aplicada em materiais gráficos como receituários personalizados, atestados e comprovantes de comparecimento, assim como em agendas e planners personalizados que você possa usar para organizar a rotina diária.


O que a Sitese entrega no seu branding

  • Logos: Entregamos logos que adaptam-se a aplicação a orientação vertical e na horizontal, conforme a necessidade de cada material e layout em que será aplicada. Por exemplo, aplica-se a logo vertical em pastas e receituários, enquanto utiliza-se a logo horizontal em cartões de visita.
  • Cor para aplicação do logotipo:

Das logos que entregamos, a versão principal é sempre a colorida. Preferencialmente, recomendamos que ela seja sempre a utilizada para preservar as cores da sua marca médica. No entanto, pode-se aplicar o logotipo em positivo ou negativo quando limitações impedirem a reprodução das cores.

  • Logotipo em fundos transparentes:

Assim, seu logotipo é entregue em um plano de fundo transparente, chamado de PNG.

Segundo a Adobe, utiliza-se arquivos PNG nas logos porque, por serem compatíveis com fundos transparentes, quando aplicados em diferentes fundos, mantém-se a naturalidade.

Dessa forma, o formato favorece a aplicação da sua marca nas mais diversas cores e composições. É indispensável ao usuário garantir que essas estejam dentro da paleta para não perder a harmonia com a identidade visual.  

Entretanto, algumas pessoas podem confundir esse “quadriculado” como um fundo de fato para a logotipo, por isso, esclarecemos que ele NÃO faz parte. Como no exemplo abaixo:

  • Manual de identidade visual:

Na Sitese, os clientes do serviço de Branding recebem ainda um Manual de Marca, contendo informações cruciais sobre a aplicação do logotipo, tais como: As versões, os usos incorretos, a aplicação em fundos negativos e positivos e a área de redução.



Perder tempo para começar sua estratégia de marketing digital é perder pacientes. Então, entre em contato e agende uma reunião para avaliarmos juntos a melhor estratégia para você ou sua clínica.

Quero começar meu marketing médico agora!



Entre em contato agora e tire todas as suas dúvidas:

+55 (71) 99602-6403

Ligue agora

Envie uma mensagem pelo WhatsApp