fbpx

Close-up image of female general practitioner sitting at desk and writing in notepad

Posso copiar conteúdo de outros sites?

Inegavelmente existe muito conteúdo bom pela Internet, não à toa que passamos cada vez mais tempo conectados e investindo em marketing digital de conteúdo. Mas será que reproduzir publicações de outros sites, mesmo com créditos, é uma boa ideia? A fim de esclarecer essas e outras dúvidas preparamos esse artigo.

Antes de mais nada, é importante dizer que nem toda cópia de conteúdo é ilegal. Mas pode ser contra as regras do website, o que pode resultar em ações legais contra sua marca. Além disso, o Google tende a penalizar páginas com conteúdos duplicados, o que prejudica o posicionamento do seu site nos mecanismos de pesquisa. Por isso, é preciso estar atento ao reproduzir conteúdo de terceiros.

A discussão sobre direitos autorais não é algo recente, mas esse debate acerca das criações produzidas no meio digital ainda não é tão popularizado. Dessa forma, pretendemos te guiar brevemente através desse universo.

Na maioria das vezes, a cópia de conteúdos é ilegal e antiética

Sem dúvida, a internet facilitou bastante o acesso aos mais diversos tipos de conteúdo. Contudo, uma publicação disponível para consumo de todos não necessariamente está também disponível para reprodução.

Nesse sentido, qualquer obra original (tangível ou não) é protegida por lei no Brasil, sendo a reprodução indevida considerada plágio. A lei responsável por essa regulação dos direitos autorais é a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Ela garante proteção intelectual aos autores de materiais literários, musicais, científicos etc. desde que originais. Sendo assim, essa lei protege produções originais do Marketing de Conteúdo.

Além disso, a maioria dos sites contam ainda com políticas de termos de uso que vedam a reprodução de seu conteúdo. Dessa forma, a cópia – mesmo com fonte – pode resultar em processos para você ou sua marca.

Cópia de conteúdos pode prejudicar sua reputação

Se acaso não enfrente processos judiciais, publicações duplicadas na sua página podem acarretar prejuízos à reputação da sua clínica ou consultório.

Artigos funcionam como uma ferramenta que transmite autoridade e profissionalismo. Sendo assim, em vez de conquistar a confiança dos seus pacientes através da publicação de conteúdos originais, você perderá um pouco da sua credibilidade.

Então não posso reproduzir conteúdo algum?

Não recomendamos, ou nos responsabilizamos pela reprodução de conteúdo no seu marketing digital, mas é possível com algumas restrições.

Acima de tudo, é imprescindível dar créditos ao autor original do artigo que você deseja reproduzir na sua página. A não ser que ele faça parte do domínio público. Contudo, as obras de domínio público são, na maioria das vezes, muito antigas ou com forte rigor científico. Por isso, por via das dúvidas sempre forneça créditos ao reproduzir materiais de terceiros no seu site.

Dito isso, vamos falar um pouco sobre as diferentes licenças que permitem a reprodução de conteúdos. Uma ONG chamada Creative Commons é responsável por regular essas licenças, que surgiram como uma alternativa ao copyright.

Elas conferem mais flexibilidade aos direitos autorais, possibilitando a reprodução em diferentes níveis de acordo com a licença. Abaixo as classificamos das menos restritivas às mais restritivas.

Antes de mais nada é importante dizer que todos os créditos devem conter nome do criador e conexos. Bem como título da publicação e link para material original. Além disso, em caso de alterações, é preciso indicar quais alterações foram feitas. Disto isso, as licenças CC são:

1 – Domínio Público

  • permite reprodução e distribuição;
  • edição e adaptação;
  • uso comercial ou não comercial;
  • não há necessidade de créditos.

2 – Atribuição – Licença mais ampla

  • Licença Creative Commons
  • reprodução e distribuição;
  • edição e adaptação;
  • uso comercial ou não comercial;
  • há necessidade de créditos.

3 – Atribuição com a mesma licença

  • Licença Creative Commons
  • exige que os reprodutores utilizem a mesma licença no seu trabalho
  • reprodução e distribuição;
  • edição e adaptação;
  • uso comercial ou não comercial;
  • há necessidade de créditos

4 – Atribuição sem derivações

  • Licença Creative Commons
  • reprodução e distribuição idêntica;
  • não permite edição ou adaptação;
  • uso comercial ou não comercial;
  • há necessidade de créditos.

5 – Atribuição não comercial

  • Licença Creative Commons
  • reprodução e distribuição;
  • edição e adaptação;
  • uso não comercial;
  • há necessidade de créditos.

6 – Atribuição não comercial com a mesma licença

  • Licença Creative Commons
  • exige que os reprodutores utilizem a mesma licença no seu trabalho
  • reprodução e distribuição;
  • edição e adaptação;
  • uso não comercial;
  • há necessidade de créditos

7 – Atribuição não comercial sem derivações

  • Licença Creative Commons
  • reprodução e distribuição idêntica;
  • não permite edição ou adaptação;
  • uso não comercial;
  • há necessidade de créditos.

Acontece que são raríssimas as ocasiões em que as pessoas utilizam essas licenças, principalmente no Brasil. Sendo assim, a maior parte dos conteúdos que você encontrará na web terão todos os direitos reservados ao criador. Ou seja, possuem copyright (©).

Por isso, recomendamos sempre que nossos clientes produzam artigos e publicações originais para seu site. Assim como buscamos o melhor desempenho do nosso site através de publicações exclusivas, também desejamos alavancar a carreira de nossos clientes com as melhores práticas do Marketing de Conteúdo.  

Penalizações do Google

Acima de tudo, o intuito do Google é oferecer a melhor experiência de pesquisa possível ao seu usuário. Sendo assim, os robôs do mecanismo identificam os melhores conteúdos únicos para ranquear na primeira página. Assim também, o Google penaliza páginas que contenham conteúdo duplicado, seja de um mesmo site ou de sites diferentes.

Isso quer dizer que, ainda que você reproduza um conteúdo licenciado por outro autor dentro do seu site, os robôs do Google continuam a considerá-lo duplicado. Dessa forma, o Google pode retirar sua página do ar ou impedi-la de aparecer em mecanismos de pesquisa.

Só para ilustrar, pense na sua experiência enquanto usuário do Google. Seria frustrante realizar uma busca e acessar várias páginas com o mesmo conteúdo, não acha?

Em suma, a melhor estratégia de produção de conteúdo é sempre optar por conteúdos originais.

Marketing Digital: Dê preferência a conteúdos originais

Você, melhor que ninguém, conhece o seu público. Então use isso ao seu favor! É claro que você pode se inspirar em outras publicações, afinal como já foi dito, a internet está cada vez mais rica em conteúdo. Mas você é um profissional único e certamente possui algo único para dizer aos seus pacientes.

Muito pelo contrário da cópia de conteúdos, não há desvantagens ao produzir conteúdo original na sua estratégia de marketing digital. Inclusive falamos a respeito da importância dessa tática aqui.

Produzir conteúdo original te posiciona melhor nos mecanismos de busca, alavanca o seu site e consequentemente a quantidade de consultas marcadas! Além disso, fortalece sua autoridade na área e funciona como uma estratégia duradoura de divulgação do seu trabalho.

Entre em contato e tire todas as suas dúvidas:


+55 (71) 99602-6403

Ligue agora

Envie uma mensagem pelo WhatsApp