fbpx

people using hand click searching browsing internet page on computer touch screen. Data Information Networking Concept,with copy space.

8 dicas de SEO para impulsionar o seu site

Sem dúvida, todos os dias consumimos muito mais informações do que podemos contabilizar. Da mesma forma, buscamos por informações de maneira rápida. Afinal, quantas vezes você foi até a segunda página do Google para encontrar a resposta de algo que buscava? Acreditamos que pouquíssimas vezes. Por isso, é importante que aqueles que querem produzir conteúdo de destaque conheçam as ferramentas corretas para cativar o seu público. Por isso, preparamos este artigo para te auxiliar a escrever conteúdos que te coloquem na primeira página do Google de maneira orgânica. Para tal, vamos navegar por algumas dicas de SEO!

Antes de mais nada precisamos ter uma ideia clara do que é o tal SEO (Search Engine Optmization). Com isso em vista, explicamos aqui a importância dessa sigla para que o seu site tenha um bom desempenho nos mecanismos de busca.

Abaixo listamos algumas dicas, das mais às menos importantes, para que você produza um texto rico para SEO.

Escreva com propósito (Planejamento)

Parece óbvio, mas a principal dica para quem quer aparecer no Google é: escreva sobre o que as pessoas querem ler. Mais que isso, no seu caso, você deve escrever sobre o que seus pacientes querem ler. Então, por mais que haja muitas inovações na área médica e publicações incríveis de artigos científicos, será que isso é, de fato, algo que cativa sua audiência?

Antes de escrever, é preciso definir quem você deseja que leia seu artigo. A partir daí podemos dar os próximos passos.

Dica 1: Defina sua frase-chave

É provável que você já esteja familiarizado com o termo “palavra-chave”. Contudo, essa é uma expressão muito restritiva quando se trata de conteúdo online.

Só para ilustrar, vamos supor que um ortopedista deseja escrever sobre fraturas. Contudo, essa é uma palavra muito ampla. Então, para ser mais específico, ele decide escrever sobre as opções de tratamento para fratura na clavícula. Sendo assim, sua frase-chave será algo como “fratura clavícula tratamento”. É provável que mais pessoas pesquisem apenas a palavra “fratura”? Sim! Mas também existem muito mais pessoas escrevendo sobre o tema. Desse modo, ao definir uma frase como termo-chave do seu texto há mais chances de ele ser encontrado por uma audiência específica.

Uma vez que sua frase-chave é definida, ela deve aparecer tanto no título do seu texto, quanto na introdução. Assim, o leitor terá certeza de que encontrou por aquilo que estava buscando. Além disso, tente usar essa frase com certa frequência no decorrer do artigo para que os mecanismos de busca o reconheçam como relevante.

Mas tenha cuidado! Evite usar o mesmo termo muitas vezes, opte também por sinônimos e termos relacionados, dessa forma o seu texto fica mais fluido para o leitor.

Crie conteúdo rico (Produção)

Quando as pessoas procuram por conteúdo médico, na grande maioria das vezes elas estão buscando compreender uma condição ou tentando encontrar uma solução. Escreva sobre o que os seus pacientes te perguntam, eles provavelmente vão pesquisar de forma bem parecida como eles te perguntam no consultório. Portanto, tenha isso em mente ao escrever seus artigos e siga os passos abaixo para a produção de um conteúdo rico!

Dica 2: Produza conteúdo original

Evite ao máximo copiar conteúdos no seu site, mesmo com créditos. Foque na qualidade do seu conteúdo, pense naquilo que seus pacientes desejam ler e escreva sobre isso. O Google posiciona os 10 melhores resultados únicos com determinada frase-chave na primeira página.

Só para exemplificar, imagine que há um conteúdo muito bom sobre próteses, então outros três médicos decidem reproduzi-los no seu site com os devidos créditos. É muito pouco provável que o conteúdo reproduzido apareça nas buscas ou leve visitantes ao seu site. Isso acontece porque os mecanismos de pesquisa priorizam as publicações mais antigas.

Por isso, escreva sobre algo que agregue valor aos seus serviços e interesse o público que você tem em mente. É claro que é muito importante saber sobre o que seus concorrentes estão escrevendo e você não só pode como deve escrever sobre os mesmos temas, mas faça isso a partir da sua perspectiva.

Dica 3: Conecte o conteúdo do seu texto (e seu site)

Assim como os órgãos do corpo humano estão conectados entre si, o seu site também deve ser uma estrutura única e funcional. Dessa forma, ao escrever pense em maneiras de relacionar o artigo que está criando às outras páginas do site. Mas tome cuidado para não transformar seu texto num spam com muitos links. O ideal é 1 link a cada 4 parágrafos, porém um link já é o suficiente.

Além disso, é importante que seu texto como um todo seja coeso. A coesão é fundamental para garantir a fluidez da leitura. Por isso, use e abuse dos conectivos entre as palavras, tenha certeza de que todas as suas sentenças se relacionam entre si e não são um apêndice no seu texto.

Dica 4: Use exemplos, conte histórias

Da mesma forma que seu texto precisa ser coeso, ele também deve ser conciso. A concisão é a chave para construir uma relação de confiança com o seu público. Portanto, escreva um texto que faça sentido e se comunique, de fato, com o leitor.

Para tal, você pode se aproximar do visitante utilizando exemplos, contando histórias fictícias ou até mesmo casos reais com os quais ele possa se identificar. O storytelling é uma peça importantíssima do marketing de conteúdo, então não tenha medo de utilizá-la.

Dica 5: Diversifique as palavras

Não inicie mais de 5 sentenças com a mesma palavra, tampouco exagere na quantidade de vezes que coloca sua frase-chave no texto. Muitas repetições podem afetar negativamente a qualidade do seu texto e não é isso que estamos buscando.

Torne a leitura fácil (Revisão)

A revisão é uma parte importantíssima da construção de qualquer projeto. Sendo assim, atente-se às seguintes dicas de SEO para facilitar a leitura dos visitantes do seu site:

Dica 6: Escreva frases e parágrafos curtos

Como dito anteriormente, buscamos obter informações da maneira mais rápida possível. Por isso, o Google prioriza artigos que considera “fáceis” de ler. Ou seja, textos com palavras simples; bem como frases e parágrafos curtos.

Isso não significa de maneira alguma que você deve empobrecer seu texto. Os ajustes para mecanismos de pesquisa devem ser feitos apenas na medida que farão sentido não só para os robôs, mas para os visitantes do seu site!

Dica 7: Use voz ativa

Um outro ponto a ser levado em consideração ao escrever um artigo com SEO é a estrutura das frases. Textos mais fluidos tendem a ser escritos na voz ativa.

Para abordar esse tópico, vamos voltar para a época em que, antes de estudar a anatomia humana, você estudava a anatomia das palavras.

A língua portuguesa possui um formato padrão de estrutura da frase: a voz ativa. Esse formato consiste na composição sujeito (realiza a ação) + verbo + predicado (recebe a ação). Sendo assim, no texto do ortopedista que citamos acima, ele deve substituir:

  • “Em alguns casos, a fratura na clavícula é corrigida por imobilização.”

Por:

  • “Em alguns casos, a imobilização corrige a fratura na clavícula.”

Dica 8: Fragmente o texto

Se acaso seu texto seja muito longo, é importante que você o distribua em subtítulos. Assim, o visitante terá uma noção do que se trata o artigo à primeira vista.

Um dos critérios avaliados para posicionar sua página no Google é o tempo que o visitante ficou nela. Então, caso seu potencial paciente acesse sua publicação e não encontre de cara o conteúdo, há grandes chances de sair do site. Isso afetaria não só o seu posicionamento no Google, como também a quantidade de pessoas interessadas no texto que você tanto se dedicou a escrever.

A gente faz o resto do trabalho!

Você faz metade do trabalho e a gente faz o resto. O ponto principal para que um site tenha grande fluxo é que ele tenha um design responsivo e carregue rapidamente. Aqui na Sitese, nos certificamos que todos os sites desenvolvidos por nós cumpram esses requisitos.

Além disso, é importante que o link dos seus artigos seja atraente para a pessoa que buscou pela sua frase-chave. Assim, outras configurações necessárias que realizamos para uma publicação otimizada são:

URL formatado para SEO

Seu URL nunca deve ser duplicado, tampouco incoerente. É comum ver URLs com códigos extensos e incoerentes, mas saiba que o Google reprova esse formato. O endereço da sua publicação, assim como todo o seu texto, deve ser claro e de fácil leitura.

Títulos atraentes

É importante que seu título se destaque em relação aos demais resultados da pesquisa. Por isso, utilizamos ferramentas para avaliar o que exatamente seus pacientes estão buscando. Assim, podemos chamar a atenção deles logo de cara!

Descrição ideal para seu texto

Sabe quando você procura por algo no Google e aparece uma palavra em negrito na descrição? Essa é a indicação perfeita que o site, de fato, contém aquilo que você está procurando. Compreendemos a importância desse resumo para o usuário e por isso formatamos suas descrições de modo atrativo e sucinto.

Imagens coerentes com textos alternativos

Para uma leitura mais acessível, adicionamos textos alternativos às imagens do seu site. Assim, pessoas que utilizam leitor de tela conseguem absorver o conteúdo da imagem. Além disso, o texto alternativo descreve o conteúdo da imagem caso a mídia não carregue.


Em suma, ao escrever um texto com SEO deve-se levar em consideração as características de legibilidade (conteúdo interno) e as características de pesquisa (conteúdo externo).

Sabemos que resultados orgânicos são uma ótima métrica para medir o sucesso da sua atuação. Então, esperamos que esse artigo te ajude a produzir conteúdos ricos com SEO para que possa impulsionar o seu site!

Entre em contato e tire todas as suas dúvidas:


+55 (71) 99602-6403

Ligue agora

Envie uma mensagem pelo WhatsApp