Remarketing para médicos: Alcance e converta mais

Entendemos que o mercado da saúde é altamente competitivo e que manter sua clínica ou consultório sempre movimentado pode ser um desafio, mas a solução pode estar mais próxima do que você pensa…  remarketing médico!

O remarketing médico pode ser um passo importante para garantir uma agenda sempre cheia e uma presença mais marcante na sua área médica. A estratégiasurge como uma solução eficaz para conquistar novos pacientes e fidelizar os antigos.

Saiba mais sobre o remarketing médico, sua importância, as principais vantagens e como utilizá-lo. Boa leitura!

O que é remarketing médico?

Remarketing para médicos é o que podemos chamar de marketing para aqueles pacientes que já tiveram alguma interação e, consequentemente, precisam reconectar-se ao médico ou clínica, pois não realizaram uma ação desejada, como agendar uma consulta ou se inscrever em um newsletter.

A adoção de uma estratégia de remarketing na estratégia de marketing médico ajuda a manter a clínica ou o profissional da saúde em mente para os potenciais pacientes, aumentando as chances de conversão futura.

Por que o remarketing médico é importante?

O remarketing médico é importante por várias razões, especialmente para aumentar o número de pacientes que te encontram e convertê-los em consulta.

Pense na seguinte jornada: Muitos pacientes em potencial acessam seu site ou sua rede social e veem que você oferta exatamente aquele procedimento ou tratamento que ele busca. No entanto, por diversos empecilhos – como correria do dia a dia ou por estarem buscando mais opções, eles não se convertem em consultas logo na primeira visita.

É exatamente neste momento que esta estratégia entra. O remarketing permite que você alcance esses visitantes novamente, com mensagens personalizadas que tratam especificamente da dor dele, e aumenta as chances de convertê-los em pacientes.

Em resumo, o remarketing ajuda a manter sua marca médica na mente dos potenciais pacientes. Mesmo que alguém visite seu site e não agende uma consulta imediatamente.

Entenda como utilizar o remarketing médico

O remarketing é uma ótima forma de garantir que os pacientes que não agendaram uma consulta inicialmente, tenham uma nova chance.

Por exemplo, se você é um ginecologista, é possível reintegrar pacientes antigos através de e-mails ou número de celular. Dessa forma, o paciente lembrará que precisa agendar sua próxima consulta.

Assim, para um remarketing médico mais assertivo, é ideal que:

  • Identifique seus contatos: Antes de começar o remarketing, verifique aqueles pacientes que deixaram de frequentar seu consultório ou clínica,entenda qual o motivo do paciente não ter mantido contato e daí então, comece o planejamento;
  • Mantenha qualidade em seus anúncios: Depois que obter uma lista de contatos de pacientes em mãos, comece com os anúncios personalizados para que esses pacientes despertem o interesse;
  • Uma segmentação adequada para seu público-alvo: Para criar os anúncios, defina seu público-alvo, quem você quer alcançar, quais os fatores, idade, localização, entre outros.

É importante ressaltar que você não precisa fazer isso sozinho. A Sitese é uma agência de marketing médico com expertise em estratégias de remarketing no Google ADS e Meta ADS.

Agende uma reunião inicial com a equipe da Sitese.

Por onde é indicado fazer o remarketing médico?

O remarketing pode ser realizado em várias plataformas. A mais indicada dependerá do seu público-alvo (em que redes sociais seu público passa mais tempo?), isso determinará onde você pode alcançá-los efetivamente.

Alguns exemplos de plataforma para remarketing de marketing médico são:

Google Ads: Uma das plataformas mais utilizadas para o remarketing, permite que você exiba anúncios para pacientes que visitaram seu site enquanto eles navegam em outros sites que fazem parte da Rede de Display do Google, incluindo sites de notícias, blogs e muito mais;

YouTube: Parte do Google Ads, o remarketing no YouTube permite que você mostre anúncios em vídeo para pacientes que visitaram seu site, quando eles assistem a vídeos na plataforma;

Meta Ads: Através do Facebook e Instagram permite que você faça anúncios direcionados para o público que escolher, com base em características específicas, interesses e comportamentos; 

LinkedIn: Para práticas médicas que se concentram em serviços B2B ou que querem alcançar profissionais de determinadas indústrias, o LinkedIn Ads pode ser uma ótima plataforma para remarketing, permitindo segmentar anúncios com base em funções de trabalho, setores e mais;

E-mail Marketing: Pode ser usado para reengajar pacientes que visitaram seu site, inscreveram-se em sua lista de e-mails, mas não tomaram uma ação desejada. Você pode enviar e-mails personalizados com base em seu comportamento anterior.

Estratégias eficazes para fazer um bom remarketing

  • Segmentação personalizada: Divida o público-alvo em segmentos com base em seu comportamento no site, interesses de saúde, histórico de navegação, ou estágios no ciclo de decisão do paciente. Isso permite que você personalize suas mensagens de remarketing para atender às necessidades e preocupações específicas de diferentes grupos de pacientes;
  • Mensagens direcionadas: Crie mensagens de anúncio personalizadas que falem diretamente aos interesses e às necessidades do seu público segmentado. Por exemplo, pacientes que visitaram uma página sobre pediatria podem receber anúncios específicos relacionados a serviços pediátricos;
  • Landing pages: Direcione os usuários que clicam em seus anúncios de remarketing para landing pages específicas que correspondam à mensagem do anúncio. As landing pages devem ser relevantes, informativas e fáceis de navegar e com um claro call-to-action (CTA);
  • Anúncios atraentes: Use imagens, vídeos e gráficos atraentes em seus anúncios para capturar a atenção do público. Anúncios visuais são especialmente eficazes no setor de saúde, onde imagens podem ser muito persuasivas.

Quais as vantagens do remarketing para a estratégia de marketing médico?

São inúmeras as vantagens de adotar o remarketing como parte da estratégia para encher seu consultório ou clínica. Elas incluem:

  • Reativar contatos de pacientes antigos;
  • Garantir um engajamento direcionado, alcançando o público que já demonstrou interesse;
  • Auxiliar na construção da confiança e estabelecer sua prática como uma autoridade em sua especialidade;
  • Melhorar as taxas de conversão, ao reengajar visitantes que não converteram inicialmente e dá-los uma nova chance para que se tornem possíveis clientes.

A eficácia do remarketing médico para seu consultório ou clínica

O remarketing ajuda a manter sua marca na mente dos potenciais pacientes ao exibir anúncios para pessoas que já visitaram seu site, mas não agendaram uma consulta. Isso aumenta a conscientização e mantém sua clínica no topo das opções dos potenciais pacientes.

Ainda assim a eficácia do remarketing médico também depende de vários fatores, como a qualidade do seu site, a relevância dos anúncios, a segmentação de público e a conformidade com as regulamentações de privacidade e publicidade médica.

Crie anúncios eficazes no Meta Ads para marketing médico

Por que os médicos devem ter um site?

Landing page: O que é e por que um médico precisa ter?

É importante também seguir as melhores práticas e regulamentos do Conselho Federal de Medicina, especialmente em relação à privacidade dos pacientes e à publicidade médica.

.           .           .

O remarketing é uma ferramenta indispensável para seu consultório ou clínica, pois amplia a possibilidade de atrair mais pacientes e eleva significativamente a taxa de conversão.

Para otimizar sua estratégia de remarketing e alcançar resultados ainda melhores, conte com o suporte da Sitese. Estamos prontos para ajudá-lo a maximizar o potencial de sua prática médica, garantindo que sua mensagem alcance o público certo no momento ideal.

Entre em contato com a equipe da Sitese e inicie agora sua estratégia!