Saiba as vantagens de revisar artigos antigos para o SEO do seu site

Você já pensou no valor que os conteúdos antigos do seu site podem ter? Muitas vezes, focamos tanto na criação de novos temas que esquecemos de analisar o que já foi publicado.

E se eu te dissesse que atualizar esses artigos antigos pode torná-los ainda mais atraentes para seus pacientes e melhorar o SEO do seu site? Pois é! Manter o conteúdo atualizado é fundamental para garantir que sua clínica continue se destacando de forma online.

Neste artigo, vamos explicar como revisar e atualizar artigos antigos pode melhorar a relevância e a performance nos motores de busca.


Saiba as vantagens de revisar artigos antigos para o SEO do seu site

A importância de atualizar conteúdos antigos

Manter o conteúdo do seu site atualizado é essencial para garantir que ele continue relevante e atraente, tanto para os usuários quanto para os motores de busca. Visto que, no mundo digital, as informações mudam rapidamente, artigos antigos podem conter dados desatualizados, ou seja, que não refletem mais com a realidade atual. Assim, atualizar esses conteúdos ajuda a manter a credibilidade do seu site e a fornecer informações precisas aos seus pacientes.

Sites com conteúdo atualizado são melhor avaliados pelos motores de busca, que interpretam essa atividade como um sinal de que o site está ativo e útil para os usuários. Além disso, evita a necessidade de criar algo do zero, portanto, além de melhorar o ranking do site nos buscadores, ajuda a economizar tempo e esforço. 


Problemas que uma revisão de conteúdo pode revelar

Até mesmo os maiores sites, com milhares de visitas mensais, podem se beneficiar de uma revisão de conteúdo. Por quê? Porque seu site pode ter pequenos problemas dos quais você nem percebe, como páginas antigas demais, conteúdo desatualizado, conteúdo fraco e até mesmo conteúdo ausente. Veja:

Muitas páginas antigas e com conteúdo desatualizado 

Com o passar do tempo, é natural acumular conteúdo antigo em seu site. No entanto, visto que os pacientes procuram por informações atualizadas e relevantes, ter muitas páginas antigas pode prejudicar sua classificação nos mecanismos de busca. Assim, é essencial atualizar ou remover artigos antigos.

Por exemplo, se em 2015 você publicou um artigo sobre um tratamento, é bem provável que desde então tenham surgido informações mais recentes em outros sites. Portanto, ao procurar informações sobre esse tratamento, os pacientes optarão por artigos atualizados, que forneçam as informações mais recentes disponíveis.

Além disso, à medida que o tempo passa, algumas informações se tornam obsoletas, tornando essencial a identificação e correção de links quebrados, dados antigos e outros problemas relacionados ao conteúdo desatualizado.

Além disso:

Conteúdo fraco

O conteúdo fraco, como textos mal escritos ou mal formatados, pode afetar negativamente a experiência do usuário em seu site. Além disso, a má otimização de palavras-chave pode prejudicar sua classificação nos mecanismos de busca.

Uma revisão de conteúdo pode ajudar a identificar e corrigir esses problemas, melhorando a qualidade e a relevância do seu conteúdo para seus pacientes.

Conteúdo ausente

Uma revisão de conteúdo também pode revelar lacunas em seu site, como a falta de informações importantes sobre serviços, vídeos ou informações de contato. Identificar e preencher essas lacunas pode melhorar a experiência do usuário e a qualidade geral do seu site.


Leia também: 


Como identificar conteúdo para revisão

Identificar quais artigos precisam de revisão pode parecer desafiador, mas algumas estratégias podem facilitar esse processo:

  • Análise de desempenho: Use ferramentas como o Google Analytics para verificar quais artigos têm tido menor tráfego ou engajamento.
  • Data de publicação: Priorize conteúdos publicados há mais de um ano, pois são mais propensos a estarem desatualizados.
  • Relevância do tema: Avalie se o tema do artigo ainda é relevante para o seu público-alvo ou se novas informações surgiram desde a sua publicação.
  • Feedback de usuários: Utilize comentários e perguntas dos seus pacientes como indicadores de quais conteúdos precisam de atualização ou esclarecimentos.

Vantagens de atualizar artigos antigos

  • Melhoria na classificação dos motores de busca: Conteúdo atualizado é visto como mais relevante pelos algoritmos dos motores de busca, portanto, pode melhorar sua posição nos resultados de pesquisa.
  • Aumento do tráfego orgânico: Artigos atualizados tendem a atrair mais visitantes, aumentando o tráfego orgânico do seu site.
  • Engajamento do usuário: Conteúdo atualizado mantém os leitores engajados por fornecer informações precisas e relevantes.

Redução da taxa de rejeição: Informações atualizadas e bem estruturadas incentivam os visitantes a permanecerem mais tempo no seu site.


Otimize o SEO do seu site agora mesmo. Clique aqui para dar os primeiros passos!


Frequência para atualizar esses conteúdos

Não existe uma fórmula mágica para determinar a frequência ideal de atualização de conteúdos, mas algumas dicas podem ajudar:

Revisão anual: Faça uma revisão completa dos artigos do seu site pelo menos uma vez por ano.

Acompanhamento contínuo: Utilize ferramentas de análise de desempenho para monitorar constantemente o desempenho dos seus artigos e identificar quando é necessário atualizar.

Atualizações conforme necessário: Se surgir uma nova informação relevante ou uma mudança significativa no seu campo de atuação, atualize os artigos relacionados o mais rápido possível.



Revisar e atualizar artigos antigos é uma estratégia eficaz para manter o SEO do seu site em dia e garantir que os seus pacientes recebam informações precisas e atualizadas. Ao seguir essas dicas, você pode melhorar a relevância e a performance do seu site nos motores de busca, aumentando o tráfego orgânico e o engajamento dos usuários. Lembre-se, um conteúdo bem cuidado reflete a qualidade do seu serviço e a atenção que você dedica aos seus pacientes.